Dra. Regiane Souza Neves

Os contrastes sociais e a (des)valorização da educação no nosso país 

07 JAN 2018
07 de Janeiro de 2018

Referente a Escola que será inaugurada no Morumbi em SP, e teve uma festa de lançamento no último dia 16, onde contou com convidados políticos, artistas e empresários. A escola cobrará em média R$ 8 mil reais por mês, com um currículo inovador e terá 2.000 alunos. Seu objetivo principal é formar "líderes para governar".

Vamos falar sobre privilégios e oportunidades para a juventude? Você acha que nossos filhos que estudam em escolas públicas terão as mesmas oportunidades que um aluno que estuda em escolas com mensalidades entre R$ 4 e R$ 8 mil reais? Com professores que recebem de R$ 8 à R$ 20 mil por mês? Com um currículo diferenciado que trata de inserção digital e tecnológica? Pois, é! Claro que não! Para os nossos filhos, restam as escolas sucateadas, professores cada vez mais massacrados pelos baixos salários, falta todo e qualquer tipo de recurso, professores pagam do próprio bolso materiais para conseguir ministrar suas aulas. Falta dignidade! Em alguns anos, qual destes alunos conseguirá entrar em uma faculdade pública, o seu filho ou o filho do rico que pagou 8mil em uma escola particular? Em alguns anos, qual destes alunos conseguirá uma boa colocação profissional, o seu filho ou o filho do rico que teve um currículo escolar inovador? Não sou contra o rico pagar uma boa escola para os filhos. Sou contra, termos que pagar os impostos mais caros do mundo e nossos filhos serem tratados como lixo nas escolas, onde o nosso governo acha que a esmola que "dá" para o povo ter "educação" é satisfatória. Embora, seja realmente isso que a maioria dos nossos políticos pensam... Em satisfazer o povo com esmolas, pois quem vende voto por dinheiro, quem vende voto por telha, quem vende voto por churrasco e cerveja, é bem capaz de ficar feliz com as esmolas que chegam depois das eleições, porque esse cara que compra voto não tá nem aí pro futuro do teu filho.

Sabemos que os professores que ministram aulas em escolas particulares são os mesmos que ministram aulas nas escolas públicas, no entanto, as escolas particulares que pagam salários realmente "interessantes" buscam professores que além de formação e experiência venham de famílias socialmente "encaixadas" no perfil de seus alunos, ou seja, contratam aqueles que tenham tido "oportunidades" semelhantes as de seus alunos durante a vida. Você pode até argumentar dizendo que uma pessoa com este perfil jamais seria professor, mas eu justifico dizendo que muitas destas escolas elitizadas não contratam apenas professores com formação em licenciatura, mas muitos profissionais com excelentes colocações no mercado de trabalho como advogados, biólogos, administradores, linguistas etc, pois com um salário de R$ 20.000,00 vamos concordar que ser professor se torna bem atrativo. Não é mesmo?

Eu falo mesmo, porque de educação eu entendo!
#DraRegianeSouzaNeves

Voltar

© Copyright - Todos os direitos reservados.

Dra. Regiane Souza Neves no Instagram